back to top

São Gonçalo vai mudar com a mudança que queremos.

Venha para nossa comunidade e conte suas ideias na construcão de uma cidade melhor.

SÃO GONÇALO VAI MUDAR?
ME CONTE SUAS IDEIAS!

Venha pra nossa comunidade e colabore com a gente pra construir um futuro melhor pra nossa cidade.

JUNTE-SE A NÓS AINDA HOJE!

Nossas Novidades:

SIGA @JOAOPIRESX no INSTAGRAM!

E PRA VOCÊ, QUANDO
SÃO GONÇALO VAI MUDAR?

Igreja Matriz de São Gonçalo e João Pires

A esperança de que Sao Gonçalo vai mudar é um valor compartilhado por muita gente na cidade.

Somos a 16ª maior cidade do Brasil em população. São mais de 1 milhão de pessoas que participam ativamente da vida social e econômica do Rio de Janeiro.

Junto à capital, Niterói, Caxias, Nova Iguaçu e toda a Baixada Fluminense, formamos a 2ª maior metrópole do país, 3ª maior da América Latina.

Mas uma pergunta sempre persiste:

Por que São Gonçalo vai mudar?

Tudo o que aconteceu com a cidade é fruto de mudanças no Brasil e no mundo nos últimos 100 anos.

A forte industrialização, nas décadas de 1920 e 1930, fizeram com que a cidade multiplicasse rapidamente até os anos 2000.

Mas o crescimento não andou em compasso com o desenvolvimento. Pelo contrario. São Gonçalo, hoje, é um dos municípios com pior renda per Capita do Rio de Janeiro e uma das grandes cidades brasileiras com pior índice de acesso a saneamento básico.

A transferência da capital nacional, do Rio para Brasília, também acelerou o processo de declínio.

Com o dinheiro migrando para o Centro Oeste do país e as indústrias preferindo o interior, a cidade industrial foi se tornando o que conhecemos hoje, uma cidade “dormitório”, com pouco emprego e esperança de futuro entre crianças e jovens.

Como São Gonçalo vai mudar?

São Gonçalo tem história. Tem passado. E esse ponto é fundamental na atração de pessoas comprometidas para criar um novo município.

Após a união, é preciso muito trabalho. A gestão das contas públicas da cidade precisa de bons projetos, que compreendam como gerar empregos e valorização do espaço público, mas também muito comprometimento na fiscalização dos recursos.

Se você, assim como eu você acredita que é possível mudar e transformar nosso cidade e o estado do Rio de Janeiro, participe desse movimento.

Vamos juntos construir uma cidade e estado melhores.